“Hoje eu tô tão alegre”

Escrevi o texto abaixo em dezembro do ano passado e ele acabou ficando na gaveta…

Apesar de estar relacionado à uma data específica, a mensagem dele é atemporal. Um convite à reflexão…

Boa leitura!!!

***********

Para iniciar nossa prosa vou descrever uma cena que muito me marcou no dia 26 de dezembro passado. Algo simples, e aparentemente tolo, mas que despertou  algumas reflexões.

Em época de Natal a cidade de São Paulo (pelo menos os pontos mais famosos) se ilumina e recebe os mais diversos e emblemáticos símbolos natalinos. O Parque do Ibirapuera é um desses pontos e eu, como criança que adora as luzes de Natal, saí do trabalho e fui caminhando sozinha para contemplar a decoração natalina deste parque.

Depois de algum tempo imersa em uma leitura e de um breve e agradável papo com “o fotógrafo do parque”, me juntei a um grupo que tinha o mesmo interesse que eu naquela noite. Formado principalmente por jovens e velhos casais, e famílias com pais, filhos, tios, sobrinhos, primos, primas, avós… o grupo era frequentemente abordado por vendedores das mais variadas quinquilharias e comilanças. O som e as luzes das “espadas de Jedi” chamavam a atenção da criançada que falavam com voz chorosa: “Manheeeee, eu quero a espada…”.

Hoje eu tô tão alegre!

Mas entre os sons das espadas de Jedi, da buzina do algodão doce, do senhor que só faltava fazer a dança da chuva para vender mais capas de chuva e do vendedor de pipoca, uma frase de criança despertou minha atenção e um sincero sorriso.

“Hoje eu tô tão alegre!”, foi assim, com naturalidade e inocência que um garoto de três anos sintetizou aquele momento que para ele parecia ser mágico.

Já havia um tempo que eu observava o comportamento daquele garoto. Calmo, educado, esperto e alegre! E ele colocou em minha boca vários sorrisos espontâneos, cada graça daquele pequeno me fazia rir…

Mas o que mais me marcou foi sua frase… Me coloquei a refletir quantas vezes eu havia dito que estava alegre? Quantas vezes eu havia me dado conta que estava alegre? O que é estar alegre? O que nos faz ficar alegre? Alegria é um estado de espírito e sim, uma escolha…

Que tal assumirmos o desafio de poder dizer, o maior número de vezes possível “Hoje eu to tão alegre” com a mesma espontaneidade e sinceridade daquele pequeno?

Vamos tornar os nossos dias mais alegres!!!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: